terça-feira, 17 de outubro de 2017

Copa Cervezas de América 2017


Está acontecendo nessa semana! A Copa Cervezas de América é um dos maiores eventos internacionais de cervejas.

O evento além do concurso, há diversas palestras com instrutores de renome, que passam por diversos temas, desde a produção de cervejas ao empreendedorismo.

Saiba dos detalhes aqui: http://www.copacervezasdeamerica.com/

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Cervejaria Caborê Rio

Resultado de imagem para cervejaria cabore

Prezado(a) Colega,

Informamos que nos dias 18 à 22 de Outubro haverá a Oktoberfest na Cervejaria Cabore
com Pratos Típicos Alemães, Chope com 50% de desconto, Música ao Vivo, Palestra sobre como fazer cerveja em casa e ainda uma Fabricação de Cerveja em Panelas Coletiva!
Acompanhe nossa programação pelo Facebook.
Segue anexo folder do evento.
*Palestra e Brassagem será necessário o cadastro antecipado (vagas limitadas)

Esperamos por você!

Cervejaria Caborê

A Cerveja Artesanal de Paraty

terça-feira, 3 de outubro de 2017

São Paulo Oktoberfest


São Paulo celebra o seu primeiro Oktoberfest oficial

É um evento paulistano que veio para ficar. A Oktoberfest de São Paulo reúne além de atrações tipicamente germânicas, atrações brasileiras.

Anexado ao Anhembi, ou Sambódramo, o evento conta com um parque de diversões, uma mega tenda com mesas compartilhadas e um palco que irá tocar canções folclóricas da Baviera, acrescido de DJ's e cantores nacionais. As cervejas, de maioria do grupo Ambev, da Alemanha e do Estado de São Paulo compõe o cardápio de bebidas. Além da tenda, chamada de Biertent, há o Biergarten, a Área das Cervejas Artesanais, Área dos Camarotes e a Área Shot, onde são servidos diversos drinks, a base de cachaças, vodkas, whisky e tequilas.

No setor de alimentos os pratos variam desde um tradicional hamburger, passando por pizzas, kebabs, pastéis e iguarias da culinária germânica. Para se ter idéia no sábado passado foram consumidos mais de duas toneladas de joelho de porco. Há ainda espaço kids, food park e boutique.

Imperdível!

São Paulo Oktoberfest
De 04 a 08 de Outubro
Sambódramo
Avenido Professor Milton Rodrigues, Portão 30.
Bairro Santana
Zona Norte - SP.


segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Marketing Challenge Ambev 2017

Ambev busca novos talentos de marketing para compor time de estagiários


A Cervejaria Ambev, dona de marcas como Skol, Antarctica e Brahma, abre inscrições para a terceira edição de seu Marketing Challenge, uma maratona que busca encontrar estudantes que queiram fazer parte do time de marketing da mais premiada cervejaria do país.
Para participar do desafio, a companhia convoca cerca de 60 universitários para que passam um final de semana em sua sede, na cidade de São Paulo. O principal objetivo do processo é proporcionar experiências que contribuam com o desenvolvimento de cada um dos participantes, além de identificar jovens talentos para compor o quadro de estagiários da Ambev. 
Na edição deste ano, os candidatos terão contato com a cultura da empresa  por meio dos cases e dinâmicas propostas. “Queremos que os participantes vivenciem a nossa cultura ao longo de todo o fim de semana. Nosso objetivo é encontrar jovens criativos e empreendedores que queiram deixar sua marca na Ambev”, afirma Renata Figueiredo, gerente de seleção de talentos da empresa. “A alta liderança de marketing da cervejaria estará presente. Com isso vamos estimular ainda mais a troca de experiências entre a companhia e os candidatos. O aprendizado é gigante para ambos os lados”, completa a executiva.
O desafio será realizado nos dias 10, 11, 12 de novembro. Universitários de qualquer curso podem se inscrever. Os requisitos básicos são: estar matriculado no penúltimo ou último ano da faculdade a partir de janeiro de 2018 e ter disponibilidade para estagiar na cidade de São Paulo. Para se inscrever, basta entrar no site www.marketingchallenge.com.br até o dia 22 de outubro.
Sobre a Ambev
Unir as pessoas por um mundo melhor. Esse é o sonho da Ambev, empresa brasileira, com sede em São Paulo, e presente em 18 países. No Brasil, mais de 32 mil pessoas dividem a mesma paixão por produzir cerveja e trabalham juntas para garantir momentos de celebração e diversão.
A Ambev é uma cervejaria inovadora, que busca sempre novos sabores e formas de surpreender seus consumidores. Além das melhores cervejas, o portfólio conta ainda com refrigerantes, chás, isotônicos, energéticos e sucos, de marcas como Antarctica, Brahma, Skol, Budweiser, Wäls, Colorado, Guaraná Antarctica e Do Bem.
Só em 2016, a cervejaria investiu cerca de R$2 bilhões no país. Mas também quer deixar um legado além dos investimentos. Para isso, conta com uma ampla plataforma de sustentabilidade. Esse compromisso inclui metas claras, divulgadas publicamente, e se traduz em quatro pilares: consumo inteligente, água, resíduo zero e desenvolvimento. Esse trabalho é feito com uma rede de parceiros, pois a Ambev acredita que a construção de um mundo melhor se torna mais rica quando feita em conjunto.
Informações para imprensa
Máquina Cohn & Wolfe
ambev@maquinacw.com
(11) 3147.7900

Hofbräuhaus Belo Horizonte

domingo, 1 de outubro de 2017

Krug Bier 20 anos

Krug Bier comemora 20 anos em plena saúde!

Krug Bier, que tem uma variada linha de cervejas, entre elas a Session IPA Submissão, agora lança uma International Lager (Foto: Melt ComunicaçãoDivulgação)

Conheci essa fábrica ainda quando era um bebê. Theo, Herwig, Rodrigo e Markus se juntaram e montaram um brewpub no nobre bairro do Belvedere, em Belo Horizonte. O Belvedere foi um bairro desenvolvido pelo empresário e diga-se de passagem, também cervejeiro Darcy Bessone, da Cia. Itacolomy de Cervejas, de Pirapora.

Passados 20 anos, a fábrica ampliou as suas instalações em Nova Lima, seu negócio, e continua viva e "saborosa" como uma boa cerveja Wiezen. Foram anos de dedicação, investimento e suor para que excelentes cervejas refrescassem, com prazer, os clientes e amigos, autênticos fiéis da Krug.

Tenho de que tirar o chapéu para a Krug, que sempre acolheu a mim e minha família com muito carinho. Minhas filhas viveram e ainda passeiam entre os tanques de fermentação e a sala de degustação, se sentindo em casa. Devo muito ao conhecimento que adquiri convivendo com a equipe da Krug. As conversas com Herwig e Ronildo sobre cervejas foram sempre enriquecedoras.

Deixo aqui um abraço à Isabel, Herwig, Lukas, Mathias, Michele ("Michels"), Fabíola, Ronildo, Dadá, Rogério, Frank, Marquinhos, Valéria, Madá, Sanderley, Anderson, Rodolfo, Sady, Gaúcho, Klebinho, Adailton, Joaquim, Nik, Vinícius "Paquito", Geomar, Marco Antônio, Alfredão ("Godô"), Marina Figueiredo, e muito outros deixo aqui o meu abraço!

O dia é de comemoração. Será na Rua Tomé de Souza com Getúlio Vargas, ao lado do Barão do Rio Branco. Das 11 às 19:00hs. Estou indo pois é merecida a comemoração.

Um Brinde! Parabéns e que seja perene, para comemorarmos mais 20 anos!

Resultado de imagem para krug bier 20 anos

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Concorrência Desleal no Mercado de Cervejas

Cervejaria belga Duvel consegue comprovar 

concorrência desleal da brasileira Deuce

TJ/RJ considerou que houve usurpação da identidade visual no caso.

A 11ª câmara Cível do TJ/RJ manteve a condenação da empresa que fabrica a cerveja Deuce por trade dress e imitação da marca da cerveja belga Duvel.
O juízo de 1º grau determinou que a ré promova a alteração da representação visual de seu produto "Deuce", desvinculando-a das características visuais da cerveja "Duvel", além de cessar a divulgação ou promoção da cerveja "Deuce" e todos os produtos anexos, alterando também a divulgação em mídias como Facebook e Instagram.

Além das modificações no rótulo, a cervejaria brasileira deve também alterar o estilo gótico e da cor vermelha na formatação gráfica do nome "Deuce". A Duvel conseguiu também indenização por danos materiais por ela sofridos, bem como R$20 mil de danos morais.

Ao analisar a apelação da ré, os desembargadores da 11ª câmara Cível verificaram se há ou não similaridade entre as marcas, identidade visual da ré e a da autora, ao ponto de incutir nos consumidores confusão, aproveitando-se a ré do prestígio e renome da marca da autora, já que ambas atuam no comércio de cervejas.

Logo de início, o desembargador Luiz Henrique Oliveira Marques, relator, asseverou que a prova documental aponta para a “usurpação da identidade visual”.

“Ainda que não se possa vislumbrar uma confusão direta, percebe-se a possibilidade de confusão por associação, por interesse inicial e no pós-venda, ante a similaridade dos elementos visuais e trade dress (conjunto-imagem) quando vistos em seu conjunto, mormente ao serem analisados o tipo de letra, o layout do rótulo, mesmas cores (branca e vermelha), mesmo significado do nome quando traduzido ao português – diabo, o formato da garrafa, ambas são do tipo “golden ale” e de origem belga. Certo é que a análise do conjuto-imagem das duas embalagens é capaz de causar associação das marcas em disputa. Mesmo após a modificação do rótulo, a semelhança persiste, não sendo suficiente a afastar a confusão. Isso porque daria a entender ser uma variação de uma mesma cerveja.”
De acordo com o desembargador, os rótulos das cervejas são quase idênticos, de modo que a “Deuce” é muito semelhante à “Duvel”, sendo certo que são produtos da mesma natureza e espécie, no mesmo ramo de atividade, de forma que a utilização do rótulo em questão “possibilitou o desvio de clientela, gerando confusão entre as empresas e consequentemente, prejuízo à recorrida, sendo devida a reparação por danos materiais”.

Banalização da marca

No caso, considerou o desembargador, o dano moral configura-se in re ipsa, uma vez que a concorrência desleal atinge a marca indevidamente utilizada, assestando sua reputação junto à clientela que, crendo comprar produtos da marca original, compra a versão parecida.
“A banalização da marca causa sua desvalorização, atingindo, portanto, o bom nome de que a pessoa jurídica desfruta perante o mercado.”

Dessa forma, foi negado provimento ao recurso da ré, em decisão unânime do colegiado. A ação de trade dress foi ajuizada em 2014 pelo escritório Daniel Legal & IP Strategy. “A aparência substancialmente idêntica tem evidente intenção de obter vantagem indevida sobre os esforços da Duvel, cervejaria com quase um século de atuação no exterior e que vem construindo um fiel mercado no Brasil, especialmente entre os consumidores de produtos artesanais. Isso configura concorrência desleal por parte da Deuce e justificou a condenação inclusive por dano moral, o que não é comum neste tipo de caso”, aponta a sócia do escritório Roberta Arantes.


Processo: 0254911-82.2014.8.19.0001 

Real Time Web Analytics